Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

1981: O Sporting, primeira equipa portuguesa na Taça dos Campeões Europeus de Xadrez
No início da década de 80, em plena era João Rocha, o Sporting fazia gala em ser o campeão do ecletismo e dedicar grande atenção às suas modalidades amadoras. Talvez por isso, foi possível obter o apoio do clube para participar pela primeira vez, em 1981, na European Club Cup, correspondente, no xadrez, à Taça dos Clubes Campeões Europeus.

Estreia em casa Isento na ronda inicial, o Sporting começou a sua participação em Fevereiro de 1981, na 2ª eliminatória da III ECC, contra o KoninklijkeGentse Schaakkring Ruy Lopez (algo como Real Círculo de Xadrez de Gent), equipa resultante da fusão de dois antigos clubes da cidade de Gent. Os belgas haviam vencido por 8:4, na 1ª eliminatória, o Collegians Chess Club de Dublin. 
Logo depois do sorteio, considerámos que a eliminatória estava ao nosso alcance, pois o adversário parecia ser do nosso nível ou até mesmo um pouco mais fraco, e essa impressão confirmou-se:…
Mensagens recentes

Na passagem do primeiro ano desde a morte de António Moura

Fez no passado dia 4 de Novembro um ano desde que nos deixou o António Moura, finalmente vencido em longa partida contra um adversário demasiado forte. Uma perda imensa para os seus amigos e para a Secção de Xadrez do Sporting, que ficou órfã do seu entusiasmo e da sua dedicação sem iguais.



Conheci o António Moura no Campeonato Nacional de Rápidas de 1976, em Abrantes, onde fomos sumariamente apresentados por um amigo comum. Era, então, uma “figura” da sua sempre querida Académica de Coimbra, que dividia com o Sporting a sua paixão clubística. Pouco tempo depois, em Agosto do mesmo ano, foi um dos mais divertidos e populares participantes do Campeonato Nacional de Juniores, quando praticamente todos os jogadores partilhávamos um dormitório improvisado no ginásio da escola secundária de Peniche. Neste torneio jogámos pela primeira vez um com o outro, na última sessão.
Embora nos conhecêssemos, portanto, pode dizer-se que a nossa amizade começou a firmar-se (já ele tinha mudado para Lis…

Há 40 anos, o Sporting conquistou a I TAÇA DE PORTUGAL em Xadrez

Em 14 de Julho de 1979, disputou-se, na sala de xadrez do Ateneu Comercial de Lisboa, a final da I Taça de Portugal de Xadrez. O Sporting Clube de Portugal foi o primeiro a vencer a competição.

A criação desta nova prova não foi fácil nem consensual, pois, dentro da Direcção da FPX, havia muitas dúvidas sobre a sua viabilidade. O carácter amador dos clubes de xadrez nacionais, somado à perspectiva de viajarem dezenas, ou mesmo centenas, de quilómetros para jogar um encontro de quatro partidas e, eventualmente, sair logo de prova, não permitia, à partida, esperar um grande interesse por parte das equipas. No entanto, a persistência de dois dirigentes - José Oliveira e Amadeu Solha Santos (já outra ideia deste, uma Taça de Portugal individual, nunca saiu do papel) - acabou por vencer a resistência e desconfiança dos restantes directores, e a I Taça de Portugal foi finalmente realizada na época de 1978/79. Para minimizar o problema das longas deslocações, criaram-se zonas geográficas sep…

O Xadrez do Sporting - da fundação ao primeiro Campeonato Nacional de Equipas

A Secção de Xadrez do Sporting foi formada oficialmente em 1958, por iniciativa de um Professor da Faculdade de Letras de Lisboa, de origem romena, Victor Buescu. Buescu era um amador muito activo e dedicado - conservamos na Secção vários dos seus cadernos de apontamentos e registos, extremamente organizados - mas um jogador mediano. Representava antes a 2ª categoria do Ateneu Comercial de Lisboa, que acolhera o Grupo de Xadrez de Lisboa quando este deixou as instalações da Sociedade de Geografia.


Criar a Secção não foi uma tarefa fácil. Escreveu ao presidente do Sporting da altura, Francisco Cazal-Ribeiro, propondo a formação de uma Secção de Xadrez no clube, mas aquele, figura grada do regime e certamente pouco ou nada interessado em xadrez, nem sequer respondeu.

Acontece que Cazal-Ribeiro era administrador da recentemente criada CIDLA, empresa do grupo  SACOR, e Buescu conhecia pessoalmente o Presidente da Administração da petrolífera-mãe, a quem se queixou de não ter obtido respos…

Nacionais de Jovens 2016/2017 no Luso

De 8 a 12 de Abril passados decorreram no Luso os Campeonatos Nacionais de Jovens, nos quais estiveram presentes 5 jogadores do Sporting: Tomás Mateus, em SUB-10, fez a sua estreia em Nacionais. Guilherme Gonçalves jogou os SUB-14, enquanto o seu irmão Gonçalo defendia, nos SUB-18, o título de Vice-Campeão conquistado no ano passado. Em SUB-20, Tiago Leão e Inês Mendes jogaram pela última vez em competições nacionais de Jovens.




Quem parecia mais bem posicionado para conseguir um título de Campeão Absoluto, ou pelo menos chegar ao pódio, era Tiago Leão, o número 1 dos SUB-20. Gonçalo Gonçalves, apesar de partir como Vice-Campeão, era apenas o número 11 da lista de partida (ELO 1646) e enfrentava fortíssima oposição de  jogadores já Mestres Nacionais e com ELO superior a 2200, como Henrique Paiva, dos Galitos de Aveiro e André Fidalgo do Santoantoniense; de Ricardo Dias, de São João da Madeira também acima de 2100; ou ainda de Hugo Ferreira, dos Ferroviários do Barreiro ou a experiente …